mulher representando o procedimento de harmonização facial no Grupo Caroline Antunes Dermatologia Barra da Tijuca Rio de Janeiro

Harmonização Facial: O Que É, Como É Feita e Quais São os Benefícios [Guia Completo]

Você já ouviu falar em harmonização facial? Esse é um termo que vem ganhando cada vez mais destaque no mundo da estética, pois se refere a um conjunto de procedimentos que visam melhorar a harmonia e o equilíbrio entre os traços faciais, valorizando a beleza natural de cada pessoa.

A harmonização facial é personalizada de acordo com as características e os objetivos de cada paciente, podendo envolver o uso de ácido hialurônico, botox, fios de PDO, MD Codes, entre outros. O resultado é uma aparência mais jovem, saudável e harmoniosa, que aumenta a autoestima, a confiança e a qualidade de vida.

Mas afinal, o que é harmonização facial e como é feita? Quanto custa uma harmonização facial? Quais são os riscos e contraindicações desse tipo de tratamento? Neste artigo, vamos responder a essas e outras perguntas sobre harmonização facial: o que é, como é feita e riscos. Acompanhe!

O que é harmonização facial e como é feita?

A harmonização facial é um conjunto de procedimentos estéticos que visam melhorar a harmonia e o equilíbrio entre os traços faciais, respeitando as proporções, as linhas e os ângulos de cada pessoa. A harmonização facial não tem como objetivo mudar radicalmente a aparência, mas sim realçar a beleza natural e corrigir eventuais imperfeições.

A harmonização facial é feita de forma personalizada, de acordo com as características e os objetivos de cada paciente. Para isso, é realizada uma avaliação facial detalhada, que leva em conta aspectos como a idade, o sexo, a etnia, a estrutura óssea, a qualidade da pele, a musculatura, a gordura, a simetria, a expressão e a funcionalidade.

A partir dessa avaliação, é definido um plano de tratamento, que pode envolver um ou mais procedimentos, como:

  • Ácido Hialurônico: é uma substância que preenche os espaços entre as células, dando volume, sustentação e hidratação à pele. O ácido hialurônico é usado na harmonização facial para corrigir sulcos, rugas, olheiras, cicatrizes, assimetrias, perda de volume e contorno facial. O ácido hialurônico é injetado na pele com uma agulha ou uma cânula, podendo ser aplicado em diversas áreas, como lábios, maçãs do rosto, queixo, mandíbula, nariz, etc. O efeito do ácido hialurônico dura de 6 a 24 meses, dependendo da área tratada e do tipo de produto usado .
  • Botox: é o nome comercial da toxina botulínica, uma proteína que bloqueia a contração muscular, relaxando as rugas de expressão. O botox é usado na harmonização facial para suavizar as linhas da testa, entre as sobrancelhas, ao redor dos olhos, do nariz e da boca. O botox também pode ser usado para corrigir o sorriso gengival, o bruxismo, a hiperidrose e a enxaqueca. O botox é injetado na pele com uma agulha fina, podendo ser aplicado em diversas áreas, como testa, sobrancelhas, olhos, nariz, boca, queixo, pescoço, etc. O efeito do botox dura de 3 a 6 meses, dependendo da área tratada e da dose usada .
  • Fios de PDO: são fios de polidioxanona, um material absorvível e biocompatível, que estimulam a produção de colágeno e a retração da pele. Os fios de PDO são usados na harmonização facial para promover um efeito lifting, elevando e sustentando os tecidos faciais. Os fios de PDO também podem ser usados para definir o contorno facial, projetar o queixo, corrigir a flacidez e as rugas. Os fios de PDO são inseridos na pele com uma agulha ou uma cânula, podendo ser aplicados em diversas áreas, como sobrancelhas, olhos, bochechas, queixo, mandíbula, pescoço, etc. O efeito dos fios de PDO dura de 6 a 12 meses, dependendo do tipo de fio usado e da resposta individual de cada paciente .
  • MD Codes: são códigos médicos que indicam os pontos estratégicos do rosto onde devem ser aplicados os preenchedores, como o ácido hialurônico. Os MD Codes são usados na harmonização facial para restaurar o volume, a sustentação e a projeção facial, seguindo um padrão de beleza e harmonia. Os MD Codes também podem ser usados para corrigir as imperfeições, as assimetrias e o envelhecimento facial. Os MD Codes são aplicados na pele com uma agulha ou uma cânula, podendo ser usados em diversas áreas, como testa, sobrancelhas, olhos, nariz, maçãs do rosto, lábios, queixo, mandíbula, etc. O efeito dos MD Codes dura de 12 a 24 meses, dependendo da área tratada e do tipo de produto usado .

Esses são os principais procedimentos que compõem a harmonização facial, mas existem outros, como laser,  peeling,  microagulhamento, ultrassom microfocado, etc. Cada procedimento tem suas indicações, suas contraindicações e seus cuidados pré e pós-procedimento, que devem ser respeitados para garantir a segurança e a eficácia do tratamento.

 

Quanto custa uma harmonização facial?

Uma das perguntas mais frequentes sobre a harmonização facial é quanto custa esse tipo de tratamento. A resposta, no entanto, não é simples, pois depende de vários fatores, como a região, a clínica, o profissional e os procedimentos escolhidos.

A harmonização facial é um tratamento personalizado, que leva em conta as necessidades e as expectativas de cada paciente. Por isso, o preço da harmonização facial só pode ser definido após uma avaliação facial detalhada, que indica os procedimentos mais adequados para cada caso.

Para saber o valor exato da harmonização facial, é importante consultar um profissional qualificado e experiente, que possa fazer um diagnóstico preciso e um plano de tratamento personalizado, além de oferecer garantia de qualidade e segurança.

Além disso, é importante considerar o custo-benefício da harmonização facial, que é um investimento na sua saúde, na sua beleza e na sua autoestima. A harmonização facial pode trazer resultados surpreendentes, que melhoram a sua aparência e a sua qualidade de vida.

 

Quais são os riscos e contraindicações da harmonização facial?

A harmonização facial é um tratamento seguro e eficaz, mas como todo procedimento estético, também apresenta alguns riscos e contraindicações, que devem ser conhecidos e prevenidos pelos pacientes.

Os riscos da harmonização facial são relacionados aos produtos usados, aos equipamentos utilizados, à técnica empregada e à resposta individual de cada paciente. Alguns dos possíveis efeitos colaterais e complicações da harmonização facial são:

  • Inchaço: é uma reação normal e esperada após a aplicação de qualquer produto injetável, como o ácido hialurônico, o botox ou os fios de PDO. O inchaço costuma ser leve e transitório, desaparecendo em poucos dias. Para reduzir o inchaço, é recomendado aplicar compressas frias no local, evitar o calor, o sol, a sauna, o álcool e os exercícios físicos intensos nos primeiros dias após o procedimento.
  • Hematoma: é a formação de um sangramento localizado na pele, causado pela ruptura de algum vaso sanguíneo durante a aplicação do produto. O hematoma costuma ser pequeno e discreto, desaparecendo em uma ou duas semanas. Para evitar o hematoma, é recomendado suspender o uso de medicamentos que alteram a coagulação sanguínea, como aspirina, anti-inflamatórios e anticoagulantes, pelo menos uma semana antes e depois do procedimento. Também é recomendado aplicar compressas frias no local, evitar o calor, o sol, a sauna, o álcool e os exercícios físicos intensos nos primeiros dias após o procedimento.
  • Infecção: é a invasão de micro-organismos no local da aplicação do produto, causando inflamação, vermelhidão, dor, calor, pus e febre. A infecção é uma complicação rara, mas grave, que pode comprometer o resultado do tratamento e a saúde do paciente. Para prevenir a infecção, é recomendado seguir as orientações de higiene e cuidado do local, usar os medicamentos prescritos pelo médico, como antibióticos e anti-inflamatórios, e procurar ajuda médica imediatamente em caso de suspeita de infecção.
  • Alergia: é uma reação imunológica do organismo a alguma substância presente no produto aplicado, e dependendo da gravidade, pode causar coceira, vermelhidão, inchaço, urticária e dificuldade respiratória. A alergia é uma complicação muito rara, mas pode ser grave. O paciente deve informar ao médico sobre qualquer alergia prévia ou atual, e procurar ajuda médica imediatamente em caso de reação alérgica.
  • Necrose: é a morte de um tecido por falta de oxigênio, causada pela obstrução de um vaso sanguíneo pelo produto aplicado ou pela compressão excessiva do local. A necrose é uma complicação rara, mas grave, que pode causar cicatrizes, deformidades e perda de função do tecido afetado. Para prevenir a necrose, é recomendado escolher um profissional qualificado e experiente, que saiba aplicar o produto na dose e na profundidade adequadas, evitar o tabagismo, o álcool e os medicamentos que alteram a circulação sanguínea, e procurar ajuda médica imediatamente em caso de sinais de necrose, como palidez, cianose, dor intensa e bolhas no local.
  • Migração: é o deslocamento do produto aplicado para uma área diferente da desejada, causando assimetria, irregularidade e alteração do contorno facial. A migração é uma complicação rara, mas que pode comprometer o resultado estético do tratamento. Para evitar a migração, é recomendado não manipular ou massagear o local da aplicação, evitar o uso de capacetes, óculos, chapéus, máscaras e outros objetos que possam pressionar o local, e procurar o médico em caso de alteração do aspecto facial.

Esses são alguns dos riscos da harmonização facial, que podem ser minimizados com a escolha de um profissional qualificado e experiente, o uso de produtos de qualidade e o seguimento das recomendações médicas.

As contraindicações da harmonização facial são relacionadas às condições de saúde do paciente, que podem interferir na segurança e na eficácia do tratamento. Algumas das contraindicações da harmonização facial são:

  • Gravidez: não há estudos que comprovem a segurança e a eficácia dos produtos usados na harmonização facial durante a gravidez, por isso, é recomendado evitar esse tipo de tratamento nesse período, para prevenir possíveis efeitos adversos sobre o feto.
  • Infecção ativa: se o paciente apresentar alguma infecção ativa no local da aplicação do produto, como herpes, acne, furúnculo, etc., é recomendado tratar a infecção antes de realizar a harmonização facial, para evitar a piora do quadro e a disseminação da infecção.
  • Doenças autoimunes: se o paciente apresentar alguma doença autoimune, como lúpus, esclerose múltipla, artrite reumatoide, etc., é recomendado consultar o médico antes de realizar a harmonização facial, para avaliar o risco de reações adversas ou interações medicamentosas.
  • Doenças neuromusculares: se o paciente apresentar alguma doença neuromuscular, como miastenia gravis, síndrome de Lambert-Eaton, esclerose lateral amiotrófica, etc., é recomendado evitar o uso de botox na harmonização facial, pois pode haver uma potencialização do efeito da toxina botulínica, causando fraqueza muscular excessiva e dificuldade respiratória.
  • Alergia aos produtos: se o paciente apresentar alergia a algum dos produtos usados na harmonização facial, como o ácido hialurônico, o botox, os fios de PDO, etc., é recomendado evitar o uso desses produtos, para prevenir reações alérgicas graves.

Essas são algumas das contraindicações da harmonização facial, que devem ser respeitadas para garantir a segurança e a eficácia do tratamento.

Conclusão

A harmonização facial é um tratamento estético que visa melhorar a harmonia e o equilíbrio entre os traços faciais, valorizando a beleza natural de cada pessoa. A harmonização facial é personalizada de acordo com as características e os objetivos de cada paciente, podendo envolver diversos procedimentos, como o uso de ácido hialurônico, botox, fios de PDO, MD Codes, etc.

A harmonização facial é um investimento na sua saúde, na sua beleza e na sua autoestima, pois traz resultados surpreendentes, que melhoram a sua aparência e a sua qualidade de vida. No entanto, a harmonização facial também apresenta alguns riscos e contraindicações, que devem ser conhecidos e prevenidos pelos pacientes.

Neste artigo, nós respondemos a algumas das perguntas mais frequentes sobre harmonização facial: o que é, como é feita e riscos. Esperamos que você tenha gostado e que tenha tirado as suas dúvidas sobre esse tipo de tratamento.

Se você ficou interessado em fazer uma harmonização facial, entre em contato conosco e agende uma consulta. Nós somos o Grupo Caroline Antunes, uma clínica especializada em dermatologia avançada e oferecemos serviços de saúde, beleza e qualidade de vida. Temos uma equipe de profissionais qualificados e experientes, que utilizam os melhores produtos e equipamentos do mercado. Estamos prontos para atender você e realizar o seu sonho de ter um rosto mais harmonioso e feliz.

Não perca tempo e clique no botão abaixo para agendar a sua consulta. Estamos te esperando!

Dra. Caroline Antunes

Dra. Caroline Antunes é uma renomada Médica especializada em Dermatologia e Cirurgia Dermatológica. É CEO do Grupo Caroline Antunes e da Skin Academy, sendo uma referência no rejuvenescimento natural e no gerenciamento do envelhecimento, além de compartilhar suas técnicas e expertise com Médicos de todo o Brasil e do exterior.